top of page

BECO DOS POETAS Nº 5 — 10/03/2022

Nova poetisa no caderno: Ayadittrich! Seja bem-vinda! Sinta, respire, conheça a poesia de: Regina Prado, Stella Gaspar, Simone Gonçalves, Sidnei Capella, Rick Soares, José Juca e Ayadittrich.

Leia, Reflita, Comente!


Luiz Primati




AMAR

por Regina Prado


Amar, verbo intransitivo,

Que não se explica

Se sente,

E transita entre nós.

Ama-me?

Peço-te então

Grande favor

Ama-me menos

Faça bem mais...

Consegue? Não?

Quer ainda que te entenda?

Impossível!

Amor, para mim, é Verbo

Não Substantivo.

Falar é fácil,

Agir é complicado

E nesse debate

Preferível viver o inusitado.

Simples assim.



MULHERES


por José Juca


Desculpe-me, não tenho lugar de fala

Mas a fala tem lugar de amor

Pela admiração a mulher que não sou

Pelas mulheres que conheci, conheço e convivi

Todas com tudo especial

Mãe da promessa de que nasci com fé sobrevivi

Criou-me, formou o homem que sou

Da convivência irmãs estiveram, estão e ainda estarão

Da paternidade, da amizade, acuidade é o que se vê

Da ex-mulher que não se está, e nada se tem

Admiração e respeito, ao coração muito além

Na família, inúmeras mulheres que vejo ou não

Características semelhantes todas acordam

Perseverança, Força, dignidade, poucas de suas qualidades

Mulheres, muitas hão no trabalho

Ensinam-me no convívio diário Amor e valores vários

Que na vida aprendi a ter

e com elas conceitos a sempre o que rever

Com mulheres aprende-se todo dia

Estratégias de sorte que homens não têm

Geralmente embaladas de muita emoção

com pitadas perspicazes de razão

E se não tenho lugar de fala

Ensina-me a ter amor no coração

Tudo que a de homenagens em dia tão especial

Embora todos os dias são de monta delas

Qualquer que seja delas a vontade

Direitos têm do que quiserem

E se de igualdade não conseguem

É por injustiça de uma sociedade que teima em não ver

Mas ela aqui, ali, de nação que estiver

É garantia de amor, carinho, zelo, justiça… Resiliência…

E se de tudo, algo lhe faltar, ou não tiver…

Ainda é superior…

Somente por ser mulher.

Contudo, peço as mulheres, desculpas…

Meus respeitos, por minha ignorância

Não tenho lugar de fala.

Aqui, uma singela homenagem a todas as mulheres.




ASSIM COMEÇA, COMEÇOU


por Ayadittrich


Ao certo quando, não lembro…

Mas desde cedo, bem criança, amo as "letrinhas"...

Sendo filha e sobrinha de alfabetizadoras era comum, em datas comemorativas, ser presenteada com lápis, borracha, cadernos, livros recheados de figuras coloridas e estórias encantadas...(meus tesouros).

Aqui, mergulhada em boas lembranças, vejo-me na pré-escola, final de ano e enquanto as outras meninas escolhiam, dentre vários brinquedos, qual boneca com elas iria, para casa, naquele último dia de aula; recebi das mãos da professora, mais linda e querida que tive, um embrulho com laço de fita rosa e a frase que, até hoje, faz meu coração vibrar mais forte:

Esse presente tem seu nome Eclair!

Eu não poderia ter ganho nada mais especial naquele ano.

Dentro da caixa haviam várias letrinhas plásticas e coloridas...

E foi ali que tudo começou [•••]


Mas isto... fica para uma outra hora...

Lhe conto...

Prometo!!!




VIVER E AGRADECER


por Stella Gaspar


Por tantas emoções

Por tantas alegrias

E por tantos sonhos de paz

Viver e agradecer

Por histórias de vida que continuam

E que com elas todos os dias

Possamos fazer as pessoas que amamos

Mais felizes.


Viver é incrível, fascinante.

E amar é um sentimento viciante

Entrelaçando nossos dias.


Agradecer é uma arte que vem de dentro

Ah! Viver é tão delicioso.

Como ter morangos frescos

No café da manhã.


Graças aos cumprimentos de "bom dia!"

"Boa tarde!" e "boa noite!"

Cumprimentos que fazem nossas horas mais contentes

Tudo agradecido fica mais colorido

Deslumbrante com raios de sol penetrantes.


Que vida mais linda

É uma vida agradecida

Por tantos privilégios

De ver, ouvir e falar.

Sentindo a felicidade de amar.




MEU CORDEL


por Rick Soares


Passo a passo em meu caminho

Vou seguindo na estrada

Vou criando a minha história

Numa longa caminhada


De menino nem pensava

No presente do agora

De um futuro que era incerto

Pro passado de outrora


Minha mãe às vezes chora

Ao lembrar do rebuliço

De quand'eu era bebê

Que tinha só o toitiço


Ela diz que foi de um susto

Dum liquidificador

Um barulho arretado

Prum bebê, assustador


Eu tava com catapora

Desse susto, estourou

Por dentro do meu corpo

A doença me agourou.


Socorrido e internado

A família revezava

No quarto do hospital

Só alguns acreditava


Minha mãe já me contou

Que nem ela suportava

Me ver naquele estado

Minha avó quem mais ficava


Nem chorar eu conseguia

Só ouviam um miado

A comida não durava

Eu já estava anemiado


Foram dias de agonia

Revezavam em oração

Minha mãe mal me olhava

Lhe partia o coração


Hoje eu grande ela me diz

Que certeza ela não tinha

Se tivesse registrava

Tudo em fotografia


Contaria a minha história

Me mostrando o moribundo

Mas por Deus fui melhorando

Pra poder ganhar o mundo.


Hoje adulto, pai de três

Com história pra contar

Se num foi Deus o salvador

Nem sei em quê acreditar




VIVA O POVO NORDESTINO


por Sidnei Capella


Zezinho é nordestino

Eita!

Menino bom!

Ele toca acordeom.


Zezinho toca e dança.

Eita!

Menino porreta!

No Olodum toca caxeta.


No trio elétrico vai de sanfona.

Pula, toca e até canta.

Tem que ver como ele dança.


Menino Zezinho é pura felicidade.

Aonde ele pisa é só alegria!

Tocar, dançar e cantar é pura mania.


Artista nato, grande músico

O baiano Zezinho é massa!

Ele agita por onde ele passa.


Baiano Zezinho é maneiro!

Menino acolhedor e sorridente

Aonde tem festa, ele está presente.


O Nordestino tem sua cultura e, suas origens.

Terra de talento e de trabalhador

Eita!

Povo acolhedor.


Faça chuva ou faça sol.

Lá está o baiano Zezinho.

Tá com sede?

Beba água!

Oxente! Menino.

Viva o povo nordestino.




PALAVRAS


por Simone Gonçalves


Palavras...

Guardadas aqui dentro de mim

Se transformam em poesia

Palavras...

Que falam de amor

Sonhos, desejos

Palavras...

Carregam a força

Das batidas do coração 

Palavras...

Que formam versos

Dentro da doce melodia


Eu guardo as mais ternas

Palavras no meu peito

Que dão vida aos meus segredos

Transformados em poemas

Faço das palavras

Minha companhia em noites vazias

Sussurro às estrelas

Minhas confidentes

As mais belas palavras

Que trago no coração

Para o vento levar até você

Palavras minhas que formam

Minha declaração de amor


Palavras ao vento

Soltas pelo ar

Levam minha declaração a você

Dizendo o quanto eu amo te amar




GRITOS DE FOME


por Gustavo Anjos


Todos nós deveríamos ter o direito de comer.

Me parte o coração ver a minha nação revirando o lixão em busca de alimentação.

É tanta gente desesperada brigando pelas ossadas.

E o que presidente faz?

Nada.

Sabe por quê?

Porque enquanto o povo grita de fome ele debocha com o seu bolso cheio de dinheiro.

Estou com fome,

Estou com fome...

São milhares de pessoas preocupadas sem ter nada,

E que não dorme na madrugada se perguntando:

O que eu vou fazer pra criançada?

Até quando isso vai acontecer?

Será que o presidente vai esperar morrer pra alguma coisa fazer?

Deus deve estar chorando no céu com as atitudes deste homem tão cruel.




NOSSOS COLUNISTAS


Da esquerda para a direita: Stella Gaspar, Regina Prado e Rick Soares. Depois Sidnei Capella, José Juca e Simone Gonçalves. Por último, Gustavo Anjos e Ayadittrich.

46 visualizações7 comentários

Posts recentes

Ver tudo

7 Comments


joanapereira.ft
joanapereira.ft
Mar 22, 2022

Este beco é LINDO!!!! ADOREI! 😍

Like

Stella Gaspar
Stella Gaspar
Mar 10, 2022

Juca, seus elogios são belos. "Com mulheres aprende-se todos os dias ." Essa frase foi demais!

Oxente Sidnei, que poema mais elogiável!

Aya, seja bem-vinda , essa família só nos traz alegrias! Eu amei suas narrativas 💯

Beijos e parabéns para todos e todas!

Esse Beco é o máximo! 😍

Luiz, você é uma pessoa maravilhosa! 🏆

Like

Henrique Soares
Henrique Soares
Mar 10, 2022

Mais uma edição linda e cheia de poesias por todos os lados. Parabéns a todos e em especial a Aya! Seja muito bem-vinda. 😘

Like

dittrich.eclair
dittrich.eclair
Mar 10, 2022

Agradeço de coração pela acolhida e recepção😘🥰

Like

sidneicapella
sidneicapella
Mar 10, 2022

Gratificante! Fazer parte do caderno Beco dos Poetas.

Feliz! Por dividir espaço com poetas que admiro. Parabéns! Poetas.

Seja Bem vinda! Ayadittrich.

Obrigado! Valleti Books.

Like
bottom of page