top of page

SEGUNDA CONCRETA Nº 16 — 01/08/2022

Atualizado: 7 de ago. de 2022


Semana Começando.

Segura Cachorro.

Solta Cabelo.

Sacode Coberta.

Seja Coerente.

Senta Cadeira.

Segura Celular.

Se Concentra.

Segunda Concreta.

Senha Cadastrada.

Somente Comente.

Somos Carentes.

Somos Criativos.

Sempre Concretos.


Esse é o espaço para os POETAS CONCRETOS mostrarem seu trabalho.


Todos que quiserem participar desse caderno, favor contatar Juliano Nunes que é o curador desse espaço.


Apreciem a arte! Comentem!


Luiz Primati


 

POETA CONCRETO

JULIANO NUNES


Nascido em Belo Horizonte em 16/09/1989. Aos 8 anos descobriu a paixão pela poesia, parou com 16 anos, pois entrou para a área das exatas, também amava matemática. Estudou Engenharia Mecânica na Universidade Federal de Minas Gerais. Através dela, fez intercâmbio (Programa Ciência sem fronteiras) e morou na Alemanha durante um ano e meio. Ainda durante a universidade foi diagnosticado com transtorno bipolar. Devido a um longo sofrimento, e por tentar aliviá-lo, o seu poeta interno se libertou. Acordou em uma madrugada de terça-feira doido para escrever poemas. Fez e não parou mais. Voltou a fazer poemas líricos, mas dois meses depois já descobriu a sua maior paixão: a poesia concreta.

 

CHIFRUDO


ACROBACIA


 

POETISA CONCRETA

STELLA MARIA GASPAR


Natural de João Pessoa - Paraíba. Pedagoga. Professora adjunta da Universidade Federal da Paraíba do Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia. Mestre em Educação. Doutora em Educação. Pós-doutorado em Educação. Escritora e poetisa. Autora do livro “Um amor em poesias como uma Flor de Lótus”. Autora de livros Técnicos e Didáticos na área das Ciências Humanas. Coautora de várias Antologias. Colunista do Blog da Editora Valleti Books. Colunista da Revista Internacional The Bard. Apaixonada pelas letras e livros encontrou na poesia uma forma de expressar sentimentos. A força do amor e as flores são suas grandes inspirações.

 

EM MINHAS FELICIDADES


 

POETA CONCRETO

RUI MARTINS


Sou Rui Martins de Fortaleza-Ce, tenho 43 anos, eu sempre gostei de escrever poemas de todos os tipos: poema concreto, verso livre, poema piada, poema minuto e sonetos. Eu sou bibliotecário de formação sempre trabalhei na área (sim eu gosto da área), mas não há nada de que eu goste mais do que escrever (minha esposa é testemunha). Agora decidi que vou só escrever e conto com a audiência de vocês todo dia às 18h no @ruimartinspoeta.

 

AS VOLTAS DO DESTINO


CORAÇÃO ENIGMA


 

POETA CONCRETO

TOMÁS PAONI


Designer gráfico, produtor cultural e escritor. Especializado em branding, marketing digital, mídia impressa e redação. Identidade visual e peças publicitárias de projetos ligados à música, cinema, moda, teatro, circo, literatura, arquitetura, gastronomia, esporte, fitness, estética, meio ambiente. É Sócio e Diretor de arte na Agência CRIA. Além disso, é Sócio fundador da Polivalente Filmes. Também é autor de dois livros, e atua em colunas, textos, poemas, projetos gráficos e ilustrações em diversas mídias digitais e impressas.

 

SEM TÍTULO


VISÃO


 

ARTISTA VISUAL

ADRIANE PURESA


Artista visual ou poeta visual? Nas produções autorais livres tem desenvolvido experiências com as palavras que viram imagens e as imagens que são palavras. Minha conexão com as artes gráficas me faz pensar nesse território híbrido, onde o verbal, o visual e o movimento desses elementos na página podem oferecer mais que uma boa diagramação, podem existir como arte numa superfície, assim como os grafites vibram nas paredes e muros quando vou produzindo meus painéis. Gosto também de levar minha vivência no audiovisual para esse lugar onde palavra e imagem, imagem como palavra e vice-versa possam se atravessar no tempo e no espaço.

 

MORTE


SOLIDÃO


 

POETA CONCRETO

TADEU MARQUEZZZ


Tadeu Marquezzz é poeta e músico oriundo do subúrbio carioca (Bangu), começou na poesia concreta no ano de 2020 aos 20 anos de idade, usando o Instagram como ferramenta de divulgação, por conta do trabalho de caráter analógico chamou a atenção de figuras como Augusto de Campos, Décio Pignatari e Adriana Calcanhoto. Atualmente está empenhado em projetos fora do mundo virtual.

 

SEM TÍTULO


SEM TÍTULO


 

POETA CONCRETO

PEDRO VICENTE


Nascido em São Paulo SP, 1967, Mestre em Dramaturgia pela ECA/USP, ator, artista visual, roteirista e dramaturgo, com 10 peças encenadas, 2 roteiros de cinema filmados, dezenas de roteiros para TV, além de exposições e performances realizadas em SP, Berlim, Frankturt, Lisboa, Londres e Paris. Para o artista, “a arte é a bússola da liberdade, a vida é a mídia final, uma performance do coletivo artístico humanidade. Decifrar a poesia desse espetáculo é o único sentido.”

 

LUTE

VINIL


 

POETA CONCRETO

RICARDO EVANGELISTA


Mineiro, 52 janeiros, poeta, pandeirista, saciólogo e sociólogo pela UFMG, declamador, trovador, cordelista, ex-camisa 10 do Racing Esporte Clube do Universitário de BH, jogador de truco atrevido na rima, instigador da criatividade, pesquisador e especialista na cultura afro-mineira e brasileira, torcedor do Cruzeiro que vai subir este ano! Enfim: sou Ricardo Evangelista/ poeta de alta colina/meu pai chama José/ a minha mãe chama Divina/ o meu avô foi bom tropeiro/ minha avó dona Avelina.

 

CONSUMISMO

ORDEM/DESORDEM


 

120 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 comentário


Juliano Nunes
Juliano Nunes
01 de ago. de 2022

Poetas hiper talentosos nesta Segunda Concreta!!!

Curtir
bottom of page