top of page

BECO DOS POETAS Nº 49 — 28/03/2024

Atualizado: 17 de abr.

Grandes textos, grandes poesias! Leiam, comentem, compartilhem!


Imagem criado com IAMidjourney
 

AUTOR LUIZ PRIMATI


LUIZ PRIMATI é escritor de vários gêneros literários, no entanto, seu primeiro livro foi infantil: "REVOLUÇÃO NA MATA", publicado pela Amazon/2018. Depois escreveu romances, crônicas e contos. Hoje é editor na Valleti Books. Em março lançou seu livro de Prosas Poéticas, "Melancolias Outonais" e o romance de suspense "Peter manda lembranças do paraíso" estará disponível em julho de 2024.

 

ELOCUBRAÇÕES

Meu cérebro, é uma máquina fantástica. Sempre sussurrando, flanando, fritando neurônios e então se calando, adormecendo. E por quê?

Sempre ativo e devaneando, povoando minha mente com fragmentos de pensamentos...

Se não consigo contar a verdade sobre mim, não posso contar o que sei dos outros. Se não deixo que me dispam, por que quero desnudar os outros?

A coragem que te falta, sobra em mim. E o que faço com tudo que não cabe dentro do meu ser?

A vida é um livro complicado de se ler. Cada página virada apresenta mais mistérios que a anterior e a cada término de capítulo, mais vida quero viver.

Como ser eu mesmo num mundo onde querem que eu seja mais dos iguais? O que fazer para me destacar se me criticam ao saberem que não sigo o padrão?

O amor é a única coisa que ainda arde em meu peito. Os outros sentimentos? Matei-os. Todos!

 

AUTORA RIZZON RAMOS


RIZZON RAMOS, é alagoana da cidade de Penedo, atualmente mora em Itaguaí Costa Verde do estado do Rio de Janeiro. Escritora em verso, prosa e contos, autora de Rosas no Varal, coautores de Antologias, poeta, compositora, e apaixonada por fotografias.

 

JESUS


O meu presente

É pura Luz.

O meu futuro

É escuro.

O meu passado

Só laços e

Labirintos sem fim.

Como cheguei até aqui?

Desatando os laços e

Trilhando labirintos enfim.

Foi essa mesma Luz

Onde meu presente acende .

Olhando o meu passado

Tudo ficou bem claro!

E quanto ao meu futuro,

Eu já sei de tudo.

É só manter essa Luz acesa

E com toda certeza

Eu encontrarei Jesus.


 

AUTORA GABRIELY BRANDÃO


GABRIELY BRANDÃO RAMOS, 28 anos, nascida em Itaguaí – Rio de Janeiro. Técnica em mecânica, poeta, participou da sétima e oitava edição da coletânea de jovens poetas na cidade de Itaguaí. Viu na escrita uma forma de expressão da arte e cultura. Escritora na antologia suspiros poéticos.

 

IVANETE


I incrivelmente é a história dela tão inspiradora.

V venceu muito os obstáculos na vida, batalhou muito chorou,sofreu mas venceu!

A amor seria o sinônimo desse nome pois ele carrega uma história, é dedicada aos filhos a família e ajudar a quem precisa.

N não seria ninguém se não fosse essa mulher tão inspiradora, tão guerreira e tão batalhadora!

E expressão de amor expressão e de bondade

É o seu dilema.

T todos os que tem a sua volta, são agraciados pois ela carrega um amor inigualável, ela carrega muita história, sofreu muito, lutou muito, e hoje finalmente pode realizar seus sonhos de ver filhos se formarem,de ver seus netos.exemplo de pessoa por onde passa.

E excepcional ,e me faltam palavras de amor para expressar o quão orgulhosa eu sou em poder falar de você Ivanete.


 

AUTORA MARINALVA ALMADA


MARINALVA ALMADA é diplomada em Letras Português/Literatura e com uma pós-graduação em Alfabetização e Letramento pelo CESC/UEMA, encontrou no ensino a oportunidade de semear conhecimento e despertar amor pelas palavras. É professora nas redes públicas municipal e estadual. Tem como missão transformar vidas através da educação e da leitura literária. Deleita-se com a boa música, a poesia, a natureza, os livros e as flores, elementos que refletem sua personalidade multifacetada. Escreve regularmente no Recanto das Letras, participa com frequência de concursos literários, antologias e feiras literárias. Em 2023 realizou o sonho de publicar pela Valleti Books, o livro Versificando a vida, juntamente com as amigas Cláudia Lima e Zélia Oliveira.

 

VIDA, AMOR E FÉ


Na vida há vitórias e derrotas,

Porém não há derrotas sem vitórias.

Não há vitórias sem luta.

Não há lutas sem perdas.

Não há perdas sem ganhos.

Não há ganhos sem esforços.

Não há conquistas sem persistência.

Não há persistência sem esperança.

Não há esperança sem fé.

Não há fé sem amor.

Não há amor sem Deus,

Porque Deus é Amor.

 

AUTORA ZÉLIA OLIVEIRA


Natural de Fortuna/MA, reside em Caxias-MA, desde os 6 anos. É escritora, poetisa, antologista. Pós-graduada em Língua Portuguesa, pela Universidade Estadual do Maranhão – UEMA. Professora da rede pública municipal e estadual. Membro Imortal da Academia Interamericana de Escritores (cadeira 12, patronesse Jane Austen). No coração de Zélia, a poesia ocupa um lugar especial, gosta de escrever, afinal, a poesia traz leveza à vida. Publica no Recanto das Letras, participa com frequência de antologias poéticas, coletâneas, feiras e eventos literários. É organizadora e coautora do livro inspirador "Poetizando na Escola Raimunda Barbosa". Coautora do livro “Versificando a Vida”.

 

AMOR INABALÁVEL


O amor está presente nas palavras,

Sobretudo nas atitudes,

Nos pequenos gestos de afeto e empatia

Demonstrados no dia a dia.

 

O amor  não se abala

Com a intempéries da vida,

Quanto mais o tempo passa,

Mais intenso ele fica.

 

Os olhares se encontram

Veem uma só direção,

As mãos se entrelaçam em união,

As tempestades são superadas,

As alegrias compartilhadas

Quando o AMOR

É o ALICERCE da relação.

 

Esse amor,

Não é o amor que arde em Camões.

Ele é brisa, aplaca os corações...

 

Quero teu amor pela eternidade,

Que seja reciprocidade,

Proporcionando mútua felicidade.

 

 

AUTORA SIMONE GONÇALVES


SIMONE GONÇALVES, poetisa/escritora. Colaboradora no Blog da @valletibooks e presidente da Revista Cronópolis, sendo uma das organizadoras da Copa de Poesias. Lançou seu primeiro livro nesse ano de 2022: POESIAS AO LUAR - Confissões para a lua.

 

SERÁ?

Será que ainda pensas em mim?

Que me desejas como no começo, onde toda nossa história se fez...

Será que ainda me procura em teus sonhos, mesmo naqueles mais ofuscados, sem a luz da lua ?

Será que já sentiu no peito por um momento, a dor da saudade que também tanto me machuca, por noites e noites à fora ?

Será que ainda desejas meu corpo indo de encontro ao teu, na loucura insistente de amar sem medidas?

Será?

Eu queria só por um instante penetrar-me em teus pensamentos, até os mais insanos , só para talvez me encontrar em teus desejos.

Queria novamente sentir o prazer daquela dança que nos enfeitiçou quando nossos olhares se cruzaram , tornando aquele momento único, mágico.

Me sinto perdida na angústia dos dias que se passam sem ter você aqui, imaginando sua volta...

Então, ainda sozinha na companhia fria dessa noite de outono, fico à tua espera para juntos novamente voltarmos à viver nossa história de amor.


 

AUTORA STELLA_GASPAR


Natural de João Pessoa - Paraíba. Pedagoga. Professora adjunta da Universidade Federal da Paraíba do Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia. Mestre em Educação. Doutora em Educação. Pós-doutorado em Educação. Escritora e poetisa. Autora do livro “Um amor em poesias como uma Flor de Lótus”. Autora de livros Técnicos e Didáticos na área das Ciências Humanas. Coautora de várias Antologias. Colunista do Blog da Editora Valleti Books. Colunista da Revista Internacional The Bard. Apaixonada pelas letras e livros encontrou na poesia uma forma de expressar sentimentos. A força do amor e as flores são suas grandes inspirações.

 

OLHAR E PERCEBER


Percebo que as experiências de vida são úteis e reflexivas. A vida a cada dia, momento, segundo e hora é um grande encontro. Um encontro, de nós mesmos, em vários ângulos, com significados e verdades. Cada um, com o seu jeito de ser, cada um uno e, ao mesmo tempo, plural. Olhar e perceber, que não conquistamos tudo e nem todos, sofremos por antecipação e expectativas, nos sentimos partes e nem sempre um todo sistêmico com nossas emoções e razões. Assim, desejo que possamos apreciar o mundo, o olhando com amorosidades e apreços. Somos unidos por uma força mais profunda do mundo, “a força do amor.”


Tenho a felicidade em conhecer pessoas, que me fazem feliz, que têm histórias como eu, que sabem ouvir, olhar e confortar, nas fazes de tristezas e angústias. É tão especial a relação com quem tem sensibilidade, sinto-me privilegiada, por ter perto de mim, quem sabe olhar e perceber, que tem momentos, em que eu preciso de conforto psicológico e emocional, verbalizando para mim, riquíssimas palavras extremamente importantes e humanas, acima de tudo.


A vida, um universo de singularidades,

encontros e desencontros,

surpreendentes e inesperados.


Temos a sorte de viver e superar as adversidades, com a resiliência que nos tira das incertezas e nos leva para caminharmos em frente, acompanhada por um céu.


A realidade, o encanto, nascem das nossas percepções, e das escutas de nossos olhares. Uma doce e profunda existência, eis o meu desejo!


 

AUTORA LUCÉLIA SANTOS


LUCÉLIA SANTOS, natural de Itabuna-Bahia, escritora, poetisa, cronista e contista e antologista. Escreve desde os 13 anos. É autora do livro "O Amor vai te abraçar" e coautora em diversas coletâneas poéticas. Seu ponto forte na escrita é falar de amor e escreve poemas e minicontos infantis.

 

DESFALECENDO DE AMOR


Pobre de mim quando você partiu

Eu parecia um barco no mar

Prestes a tão cedo naufragar

Sem força e leme para conduzi-lo

Meu coração como uma folha seca sem destino

Levada com força pela correnteza

À mercê das rochas e incertezas

Angustiada, como uma biblioteca sem livros

A luz do sol brilha através da janela

Mas, para mim, o dia será de sombra

Farei com que minha alma se esconda

Somente à noite, contemplarei a lua bela

Entrego-me à escrita com afinco

Conto para os papéis sobre meu amor

Que ao perdê-lo, a dor, meu sorriso levou

E derramo todo sentimento que deveras sinto.


 

AUTORA CARLA DE NAZARÉ


Busquei desde o Ensino Médio – antigo 2º Grau – os livros literários para minha prática de leitura e, assim, aprender melhor as regras gramaticais da Língua Portuguesa e aperfeiçoar a escrita, pois sempre ouvi professores aconselhar que quem lia mais aprendia a escrever melhor. Então, passei a apreciar a literatura em todas as suas nuances, o que foi estímulo para aprofundar minha imaginação a ponto de começar a escrever versos que refletissem aspectos da vida no geral e do amor romântico. Gosto de poetas variados nacionais e estrangeiros, dentre eles: Mário Quintana, Casemiro de Abreu, Cecília Meireles, Clarice Lispector, Fernando Pessoa, Pablo Neruda. Possuo vários escritos poéticos e dois romances que estão sendo organizados para futura publicação.

 

AMAR


“Amai-vos uns aos outros” foi dito

Amor, sem ele nada teria, nada seria

Amar quem?

Amar alguém

Amar o que tem

Amar o bem

Amar faz bem

Amar bem

Amar até tu também

Que nada de humano tem

Amar, amém

Amar a natureza, natural

Amar é humano e também animal

Amar afasta o mal

Amar torna angelical

Até o ato mais carnal

Elevando a alma ao sideral

Tornando a humanidade única e plural

Amar: verbo transitivo direto

Verbo, mas se conjuga no presente

É estar, sentir, expressar

Receber e compartilhar

A vida, iluminar

E se não amar, nada terá

Sem tolerância e empatia tampouco amará

E nada será

Cairá na ilusão de Amar

Sem nunca o Amor praticar


 

AUTORA LU NASCIMENTO


LU NASCIMENTO, 37 anos, paulista, publicou seu primeiro e tão sonhado livro, em dezembro de 2023, " O pôr do sol e outras coisas que se parecem com você", uma prosa poética que celebra o amor e a admiração. Participou da antologia "A poesia delas" que homenageia mulheres e sua existência. - Só a ideia de ser escritora já era fascinante, agora ser lida e poder representar sentimentos através da minha própria literatura, está sendo surreal.

 

PERFEIÇÃO DA NOITE


Quando te vi sob o luar naquele inverno

O céu estava impecável

Negro e denso

E quem vestia estrelas era você.

A lua foi pintada nos teus olhos

As nuvens coloridas de Júpiter

Eram apenas sombras

Diante das cores da tua presença.

E eu não era capaz de mover-me

Para outra luz.

Roubaram os anéis de Saturno

E enfeitaram teus cílios

A arte te homenageia.

Galáxias saem de você

E isso explica a perfeição da noite.

Uma visão assim só pode ter sido

Uma miragem noturna

Cheguei perto, e tua alma agora

Era mais bonita ainda.


 

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page